sexta-feira, 18 de março de 2011

Quem não se comunica, se trumbica!

Quem não se comunica, se trumbica. Já dizia o velhor guerreiro, Chacrinha, um dos maiores e mais marcantes comunicadores da televisão brasileira.
Itambé possui um histórico considerável em relação aos meios de comunicação. Em outros tempos, circulavam na cidade dois jornais que refletiam e opinavam sobre os acontecimentos locais. Eram eles o "Nova Era" e "A Voz do Povo". O primeiro nasceu em 1953 e teve seu fim em 1969, já o segundo apareceu em 1959 e sua última edição foi em 1980. Houve também a rádio Garota Fm, que durante a década de 1990 era sintozinada pelos rádios itambeenses. Atualmente, a cidade dispõe de uma revista semestral (O Arauto de Itambé), uma rádio comunitária (rádio Luz fm), e algumas páginas na internet que lhe dizem respeito.

A revista "O Arauto de Itambé" é organizada por Carlos Leonor, artista plástico e professor de Literatura. A primeira edição surgiu em 2007, e foi lançada no dia 12 de Agosto, aniversário do município. A cada semestre um número da revista é publicado, trazendo curiosidades, poesias de moradores, colunas socias, fotos e notícias que marcaram os últimos 6 meses em Itambé.



A Rádio Luz Fm, é uma estação comunitária que faz parte da Fundação Juracy Marden. Inaugurou suas transmissões em 20 de Janeiro de 1998, e desde então, está sob o comando de Gilberto Azevedo. Diariamente a Luz fm veicula programas com músicas populares e serviços de utilidade pública, além de programas religiosos e produções independentes.

Estúdio e torre da Luz fm

Na internet, desde o dia 13 de julho de 2009, o blog "Itambé Agora" é um importante meio de comunicação que abrange pessoas de diversos lugares do mundo. Dessa forma, é possível expandir a cultura, notícias e costumes locais para quem ainda não conhece a cidade e para matar as saudades de quem deixou a terrinha. O blog é mantido pelo estudante de jornalismo Luiz Pedro Passos.



Não se pode esquecer dos famosos carros, e mais recentemente, motos de som. Esta maneira de comunicar é bem popular e eficiente, pois percorre todos os bairros da cidade, anunciando em alto e bom som, festas, reuniões, propagandas e até falecimentos.

Seja o meio que for, comunicar é uma necessidade natural dos seres humanos e um direito assegurado pela Constituição. É uma forma de interagir, pensar, discutir e trocar ideias com o outro e com o mundo. Por isso, o "Itambé na Rede" se disponibiliza a noticiar e promover Itambé, e agradece a todos os comunicadores do município pela nobre e árdua tarefa que exercem.

5 comentários:

Luiz Pedro Passos disse...

Hugo, permita-me dizer que este foi o melhor trabalho que você já produziu para o Itambé na Rede. Não estou querendo desmerecer os demais textos, mas você falou com profundidade sobre o tema, destacando os meios de comunicação do passado e do presente; defendeu a importância da comunicação e do comunicdador.

Acho que você deveria seguir por este caminho, preencher o corpo dos textos com as informações disponíveis, credibiliza seu trabalho. Contextualizar e aprofundar os fatos também é importante.

Sucesso pra você!!!

Abraços.

Hugo Camizão disse...

Valeu Luiz, bom saber que acompanha o blog!
Sucesso pra você também!
Abração!

zety disse...

gostaria de usar esse meio de comunicaçao para pedir ajuda para encontrar amigos que moram ai em itambe e que a muito tempo nao os vejo.Nao sei o nome todo.Um chama marquinhos a irma Elenita.ELES teem uma tia chamada Ermita eu moro em ILHEUS NO BAIRRO NOSSA SENHORA DA VITORIA onde Elenita morou ela tem um filho chamado Tiago meu nome e zety

zety disse...

gstaria que voçes me ajudasse a encontrar umas pessoas que moram ai e foram meus vizinhos aqui em Ilheus trata se de marquinhoe ELENITA SUA Irma Tiago filho de ELENITA E DONA ERMITA TIA DELES FICARIA MUITO FELIZ SE VOÇES PUDESSEM ME AJUDAR

O ARAUTO DE ITAMBE disse...

Hugo. Agradeço às boas referências que um jovem como V tem feito do meu blog e da minha revista "Q Arauto de Itambé". Gostaria de compartilhar da mesma forma do seu. A união de movimentos diferentes que lutam por um ideal comum - a instauração do Reino de Cristo sobre a Terra - é um motivo de alegria. Que a Virgem Maria e Mãe de Cristo reine para sempre nos seus projetos. Carlos Leonor